/Após uma década, o futebol pode conhecer um novo “melhor do mundo”

Após uma década, o futebol pode conhecer um novo “melhor do mundo”

Após uma década, o futebol pode conhecer um novo “melhor do mundo”

09:24:58 | 09/04/2018

Depois de, na semana passada, ter ficado fora do pódio da premiação de melhor jogador da Europa, o argentino Lionel Messi não consta também entre os finalistas para o prémio de melhor jogador do mundo da FIFA, The Best. A lista anunciada esta segunda-feira 3, pela FIFA, coloca Luka Modric, Cristiano Ronaldo e Mohamed Salah na disputa do prémio.

A dupla Lionel Messi, que se mantém fiel ao FC Barcelona, e Cristiano Ronaldo, que mudou-se do Real Madrid para a Juventus este ano, pode estar muito perto de conhecer o desfecho da sua rivalidade depois de uma década de total domínio.

O craque argentino apesar de ter conquistado a La Liga na última temporada e ter terminado como o maior artilheiro do Velho Continente, fica de fora da corrida ao The Best, cujo vencedor será conhecido no próximo dia 24, em Londres

Por sua vez, mesmo estando entre os nomeados e ser reconhecido como um crónico candidato ao prémio, os aficionados do Desporto Rei não apontam Ronaldo como o favorito para vencer o prémio, as preferências recaem sobre Modric.

O estreante no pódio de melhor do mundo, vencedor do prémio de melhor jogador europeu 2017/2018, é apontado como o candidato certo à conquista do prémio por ter chegado à final da copa do mundo da Rússia e ter antes vencido, pelo Real Madrid, os mesmos títulos que o ex-companheiro Ronaldo.

O egípcio do Liverpool, Mohamed Salah, entra nas contas pela temporada brilhante na Premier League e na Liga dos Campeões da Europa, mas sem muitas chances de erguer o prémio para a África por causa da má prestação que teve com a sua selecção na Rússia e dos números de Modric.

Entretanto, O futebol estará muito perto de conhecer um novo melhor jogador do mundo após uma década de alternâncias entre Messi e Ronaldo que encontram-se empatados com cinco prémios.